Actualidade

Debate de abertura do Festival Literário da Madeira marcado pelo "direito a ofender"

13 | 03 | 2018   21.29H

O Festival Literário da Madeira abriu hoje com um debate entre Mick Hume e Ricardo Araújo Pereira sobre a liberdade de expressão, que se centrou nas questões da liberdade de ofender e do politicamente correto.

A mesa de conversação, moderada pelo jornalista João Paulo Sacadura, estava subordinada ao tema "O que é a liberdade de expressão? Sem a liberdade para ofender, cessa de existir".

Mick Hume, jornalista e defensor da liberdade de expressão e de imprensa, começou por afirmar que "vale dizer tudo" e que "o direito a ofender é muito importante", bem diferente do direito a "ameçar", o que já extravasa os limites da opinião e tem implícita uma violência física.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE