Mau Tempo

Unidade gráfica da Porto Editora "totalmente reconstruída" até fim do ano

20 | 03 | 2018   13.00H

A unidade gráfica da Porto Editora, na Maia, que na passada semana foi parcialmente destruída por um "fenómeno climatérico extremo", provocando "milhões de euros" de prejuízo, será "totalmente reconstruída" até ao final do ano, anunciou hoje a empresa.

Em comunicado, a Porto Editora admite que a logística estará "parada nas próximas semanas", o que irá afetar o abastecimento "do retalho livreiro e livrarias online WOOK e Bertrand.pt".

A avaliação preliminar feita pelos técnicos responsáveis aponta para prejuízos de "milhões de euros, estruturais e operacionais", informou hoje a Porto Editora.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE