Catalunha

Candidato independentista detido renuncia à candidatura

21 | 03 | 2018   11.43H

O candidato independentista à presidência do Governo catalão, Jordi Sánchez, detido preventivamente, renunciou à candidatura, anunciou hoje em Barcelona o presidente do parlamento regional, Roger Torrent.

"Sánchez informou-me que retira a sua candidatura à presidência, considerando que é o melhor serviço que pode dar ao país" (Catalunha), disse Roger Torrent, numa conferência de imprensa.

O responsável anunciou também uma ronda de consultas com início na quinta-feira para "desbloquear definitivamente" o processo de escolha de um novo candidato à presidência regional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE