Celebridades

Atriz de filmes porno quebra pacto de silêncio

26 | 03 | 2018   23.41H
Stormy Daniels dá entrevista à CBS e recorda noite de sexo com o presidente dos Estados Unidos.
Destak | destak@destak.pt

Stormy Daniels quebrou o pacto de silêncio que fez com os advogados de Donald Trump em 2016 em que, pelo pagamento de 130 mil dólares [104 mil euros], se comprometia a guardar sigilo sobre a noite de sexo que teve com o presidente dos EUA.

«Conhecemo-nos num torneio de golfe e Trump trazia na mão uma revista em que a capa era ele e eu disse: ‘Alguém te devia dar uns açoites com essa revista’. De repente, baixou as calças e deixou que o açoitasse. Depois disse: ‘Uau! Fazes-me lembrar a minha filha», conta Stormi, de 39 anos, que na altura tinha 27, enquanto Trump estava nos seus 60.

Disse que não se sentia fisicamente atraída pelo agora presidente dos EUA, mas que mesmo assim fizeram sexo. «Não usámos preservativo», recorda. Depois disso, garante que teve mais um encontro com Trump, mas que dessa vez não houve sexo. A atriz porno só voltou a ouvir falar de Trump quando, em 2011, aceitou contar a sua história para a revista In Touch.

A entrevista nunca foi publicada e Stormy acabou ameaçada por alguém ligado a Trump. «Estava com a minha filha quando um homem se aproximou e disse: ‘Deixa o Trump em paz’. Depois, virou-se para a minha filha e disse: ‘És uma menina linda. Seria uma pena se acontecesse alguma coisa à tua mãe’». Agora, a história é finalmente revelada na primeira pessoa.

Foto: Reuters
Atriz de filmes porno quebra pacto de silêncio | © Reuters

2 comentários

  • Existe agora um frentismo anti-TRUMP de lesados contra américa first.Melanie durante campanha foi despudoradamente exposta pelos mesmo de form imoral.Imorais prmeiro ,ressabiados agora ?
    Oligario | 02.04.2018 | 15.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Foi pena de não ter filmado as cenas de sexo!
    Cliente | 30.03.2018 | 01.34Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE