Saúde

Mais 4% de casos de cancro por ano

11 | 04 | 2018   23.11H
Apesar do aumento da incidência, com 50 mil novos doentes anualmente, a taxa de mortalidade está estacionária. Mas peritos falam em sobrecarga do sistema.
Destak | destak@destak.pt

Em 2017, tivemos praticamente 50 mil novos casos de cancro no país. A incidência da doença tem vindo a aumentar 3 a 4% ao ano, mas a mortalidade tem estado relativamente estacionária ou com um aumento muito ligeiro.» As explicações são de Miguel Barbosa, um dos organizadores dos Encontros da Primavera em Oncologia, que hoje começam em Évora.

Ooncologista explica que «é por tratarmos bem os doentes que estes se vão acumulando». Só que «os serviços clínicos por esse país fora estão no limite». Uma situação que tem tendência para se agravar, porque «para 2030 estima-se que Portugal possa chegar aos 60 mil novos casos de cancro, com a mesma mortalidade».

Ou seja, os diagnósticos de cancro irão aumentar, «devido ao envelhecimento populacional», pelo que «as necessidades assistenciais ao nível de profissionais e condições dos serviços serão maiores». O problema é que «Portugal tem tido um investimento muito limitado na Saúde», realidade que é preciso inverter ao nível dos meios humanos e físicos.

No mesmo dia em que este diagnóstico era traçado, o ministro das Finanças defendeu outro bem diferente no Parlamento. Mário Centeno garantiu que «não há um único euro de cativações no Serviço Nacional de Saúde (SNS)» e defendeu que, se as estimativas indicam que há falta de 5000 médicos no SNS, «isso significa que faltavam 8000 em 2015», porque nos últimos três anos foram contratados 3000.

O governante prometeu desbloquear verba para a ala pediátrica do São João, mas não se comprometeu com uma data.

Foto: DR
Mais 4% de casos de cancro por ano | © DR

1 comentário

  • AS CONTAS DE CENTENO E COSTA SÃO DE UMA RETÓRICA DESCARADA,ESQUECEM OS MEDICOS E ENFERMEIROS QUE ENTRETANTO SAIRAM! FALTA E MUITO DESSE PESSOAL E É UM FACTO, OS DOENTES O SOFREM!
    GABRIELCORREIA | 17.10.2018 | 03.33Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE