Actualidade

Primeiro-ministro diz não haver escolha alternativa entre a saúde e o défice

16 | 04 | 2018   18.03H

O primeiro-ministro disse hoje não existir uma escolha alternativa entre a saúde e o défice, defendeu a necessidade de ser mantida a política de equilíbrio e elogiou o ministro da Saúde pela forma como tem gerido o seu ministério.

"Não temos aqui uma escolha alternativa entre a saúde e o défice, nós temos aqui uma escolha muito clara, continuar com responsabilidade a política de equilíbrio, de bom senso, de ambição que temos tido ao longo destes dois anos e que nos permite, simultaneamente, fazer aquilo que temos de fazer, temos melhores contas públicas e temos um melhor Serviço Nacional de Saúde, temos melhores contas públicas e temos uma melhor escola pública", disse António Costa, nas Cortes, em Leiria.

O chefe do Executivo discursava após a inauguração das novas instalações das unidades de saúde de Monte Real e Carvide, e de Cortes, ambas no concelho de Leiria, onde na primeira o esperava um pequeno protesto de utentes de Vieira de Leiria, da Marinha Grande, e no último foi recebido com palmas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE