PR/Espanha

Marcelo afirma que "a extrema-esquerda não existe mais em Portugal"

16 | 04 | 2018   18.54H

O Presidente da República defendeu hoje que "a extrema-esquerda não existe mais em Portugal", durante uma conversa com alunos universitários, em Madrid, em que falou sobre o "equilíbrio difícil" da atual governação portuguesa.

Marcelo Rebelo de Sousa respondia a uma questão sobre migrações e refugiados, numa conferência sobre "Portugal e Espanha: Europa e América Latina", na Universidade Carlos III, na capital de Espanha, onde se encontra em visita de Estado.

Na resposta, em castelhano, o chefe de Estado reiterou a mensagem de que no espectro político português há "uma unanimidade absoluta" quanto à abertura aos refugiados e, a este propósito, afirmou que Portugal não tem extrema-direita.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Finalmente há alguém a desdizer a Crista do CDS. Para ela não há extrema direita, se assim é também não há extrema esquerda. Muito bem Sr. Marcelo.
    Alvaro | 16.04.2018 | 20.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE