Síria

Investigadores da OPAQ terão acesso a Douma na quarta-feira

16 | 04 | 2018   20.52H

Os especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas que ainda não entraram em Douma devido a "problemas de segurança", entrarão na cidade na quarta-feira para investigar um alegado ataque com gás neurotóxico, indicaram fontes russas.

"Na quarta-feira, prevemos a chegada dos especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ)", disse um alto responsável russo, numa conferência de imprensa na embaixada da Rússia em Haia, explicando que as estradas que levam a Douma estão ainda a ser desminadas.

Estas declarações do diplomata russo surgem depois de o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Riabkov, ter hoje atribuído à ONU a responsabilidade pelo atraso no acesso a Douma dos inspetores que devem investigar o alegado ataque químico ali ocorrido a 07 de abril, que fez pelo menos 40 mortos e 500 feridos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE