Venezuela

Serviços secretos voltam a deter politólogo lusodescendente Vasco da Costa - Irmã

17 | 04 | 2018   05.31H

A irmã do politólogo lusodescendente Vasco da Costa afirmou que agentes dos serviços secretos da Venezuela detiveram novamente, na segunda-feira, o irmão, que já tinha estado detido em 2014.

De acordo com Ana Maria da Costa, um grupo de 30 agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência (SEBIN), "vestidos de comando e com espingardas", arrombou a porta, espancou o irmão e destruiu a casa.

"Foi horrível. Vieram à minha casa, espancaram todos e o Vasco. Destruíram a minha casa e levaram o Vasco", declarou à Lusa Ana Maria da Costa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Eis a democracia existente naquele país. Não se pode expressar a opinião pessoal, e, se o governo não gosta dessa opinião, entram violentamente pela casa dentro, espancam o autor da opinião e de todos os familiares, e levam o autor para a prisão. Onde está a Democracia?
    Fernando Marçal | 17.04.2018 | 18.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE