Actualidade

Ataque à Síria custou 20% da ajuda humanitária dos EUA, Reino Unido e França em 2017

21 | 04 | 2018   09.28H

Os 105 mísseis disparados em minutos pelos Estados Unidos, Reino Unido e França contra a Síria custaram 20% de todos os seus contributos que entregaram em 2017 à agência da ONU que gere a ajuda humanitária no país.

No último sábado, os Estados Unidos, a França e o Reino Unido realizaram uma operação conjunta para punir o regime sírio do Presidente Bashar al-Assad pelo alegado uso de armas químicas em Duma, uma localidade rebelde perto de Damasco.

As forças armadas dos três países (os três aliados mais fortes no seio da NATO) atacaram três alvos na Síria com um total de 105 mísseis: 66 mísseis de cruzeiro Tomahawk, 19 novos mísseis ar-terra (que se estrearam em combate, munições conhecidas pela sigla JASSM), nove mísseis de cruzeiro franceses SCALP, oito mísseis de cruzeiro britânicos Storm Shadow e três mísseis de cruzeiro franceses na sua versão naval (lançados a partir de uma fragata).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE