Entrevista a Nelson Freitas

«Sinto-me um cidadão do mundo»

23 | 04 | 2018   23.56H
Nelson Freitas lançou recentemente o single “Mariana”, do EP “Journey”, e continua a conquistar meio mundo.
Destak | destak@destak.pt

Como explicas todo o êxito que tem tido o teu novo single, Mariana?

Sinceramente, acho que é uma música com uma boa ‘vibe’, que leva bom astral às pessoas. Os últimos meses têm sido frios e chuvosos e esta música traz o sol e faz as pessoas sentirem-se bem.

Como classificarias o teu som? Ou, por outro lado, dirias que o que define a tua música é a ausência de um só género?

Eu não gosto de classificar a minha música porque não quero ser rotulado com um estilo. Faço a música que sinto... a batida pode ser zouk ou kizomba, pode ter uma ‘vibe’ de R&B ou um ‘feeling’ mais de dança... desde que eu a sinta, é por aí que vou.

Nasceste na Holanda, filho de pais caboverdianos. Como te defines? Com que cultura te identificas mais? Ou és como a tua música, uma feliz mistura de várias culturas?

É exatamente dessa forma como eu me sinto ... como a minha música. Tenho uma grande percentagem de Cabo Verde em mim, mas também cresci na Holanda, então também bebo dessa cultura. Além disso, tenho viajado metade da minha vida, por isso sinto-me um cidadão do mundo.

Foto: © Edgar Raphael
«Sinto-me um  cidadão do mundo» | © © Edgar Raphael

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE