Actualidade

Associação de Amigos dos Caminhos de Fátima denuncia apagamento de sinalização

24 | 04 | 2018   12.55H

A Associação de Amigos dos Caminhos de Fátima, que fez mais de oito mil marcações voluntárias de caminhos para a cidade-santuário pelos campos e longe das estradas nacionais, denunciou hoje que têm sido apagadas sinalizações.

Numa informação colocada na sua página na rede social Facebook, a associação informa que a Rota da Carmelitas, entre Coimbra e Fátima, "começou a apagar" os caminhos de Fátima, "ignorando, ou não, que estão a matar um caminho de peregrinos".

Ao mesmo tempo, "e com os mesmos fundos" da União Europeia (UE) "lançados pelo Turismo de Portugal", a Associação Caminhos de Fátima, que tem como sócios-fundadores 14 municípios que partilham a principal rota de peregrinação a Fátima (Vila Nova de Gaia-Ourém), "decidiu lançar a confusão ao promover um mapa dos caminhos mal assinalados por esta entidade".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Aqui não se aplica aquela frase do «todos os caminhos vão dar a...»? Daaaa
    Daaaa | 19.05.2018 | 23.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Guerra entre parasitas pelos dinheiros que nos estão a corromper.
    Não se trabalha nesta terra | 24.04.2018 | 13.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE