Finanças

Simulador compara depósitos a prazo

10 | 05 | 2018   22.50H
Utilizadores podem personalizar a pesquisa para encontrar a melhor oferta para o seu perfil. Opção pelos depósitos à ordem implica perda de 153M€ em juros.
João Moniz | jmoniz@destak.pt

Já está disponível aquele que o ComparaJá.pt anuncia como o primeiro comparador de depósitos a prazo do mercado português. Através de filtros como prazo, taxa de juro ou mínimo de subscrição, os utilizadores podem personalizar os resultados de acordo com as suas preferências e, após identificarem a melhor oferta para o seu perfil, aderir de imediato «num processo rápido e totalmente online».

«O nosso comparador gratuito, em www.comparaja.pt/depositos-a-prazo, para além de facilitar o acesso a informação detalhada sobre as condições de cada produto, vai permitir simular o retorno dos diferentes depósitos a prazo de acordo com o montante de subscrição e de reforço mensal (caso aplicável) pretendidos», refere a plataforma ao Destak. Uma ferramenta que potencia a poupança.

Segundo contas do ComparaJá.pt, tendo em conta os 47 135 milhões de euros aplicados em depósitos à ordem em 2017 e a taxa média líquida de 0,324% na oferta a 1 ano, ao colocarem o seu dinheiro em depósitos à ordem e não em depósitos aprazo, os portugueses irão perder cerca de 153 milhões de euros em juros este ano.

Pela agregação dos 121 depósitos a prazo disponibilizados pelas instituições bancárias no mercado nacional, o ComparaJá.pt identificou as características das ofertas existentes ao dispor dos portugueses. Eis as principais conclusões:

• TANB média dos depósitos a prazo em Portugal é de 0,48%;

• 3 depósitos a prazo têm rendibilidade igual ou superior 1,5%;

• 18 produtos possuem uma TANB igual ou superior 1% e inferior a 1,5%;

• 25 ofertas apresentam uma rendibilidade igual ou superior a 0,5% e inferior a 1%;

• 53 depósitos têm uma TANB superior a 0,1% e inferior a 0,5%;

• 20 ofertas possuem uma TANB até 0,1%;

• 2 produtos rendem 0%.

Os depósitos com prazo igual ou superior a 4 anos são os mais rentáveis (TANB média de 0,82). Seguem-se os produtos com prazos de 1 a 3 meses (TANB média de 0,7%) e de 12 a 18 meses (TANB média de 0,66%).

Os depósitos com prazo de 1 mês (TANB média de 0,1%) são os menos rentáveis. No intermédio encontram-se os produtos com prazo de 2 a 3 anos (TANB média de 0,55%), as ofertas com prazo de 6 a 9 meses (TANB média de 0,40%) e os depósitos com prazos de 1 ano a 1,5 anos (TANB média de 0,39%).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE