Actualidade

Fátima é universal para católicos e não católicos -- Presidente da República

13 | 05 | 2018   01.50H

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que Fátima é universal para católicos e não católicos, depois de assistir no sábado à noite à procissão das velas e missa da peregrinação internacional aniversária de maio ao santuário.

Fátima "é universal para os católicos, mas é universal para aqueles que não são católicos, é um sinal de paz, de encontro e de ecumenismo, isso é muito importante para Portugal", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa após as cerimónias religiosas, onde esteve acompanhado da chefe de Estado da Cróacia, Kolinda Grabar-Kitarovic.

Milhares de peregrinos participaram no sábado na peregrinação internacional aniversária ao Santuário de Fátima, um ano depois do Centenário das Aparições, da visita do papa Francisco e da canonização de Francisco e Jacinta Marto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

4 comentários

  • KÁRLITOS está errado.Marcelo Rebelo de Sousa tem cumprido os seus deveres religiosos sempre fora da sua acção de Presidente da República.
    RODAVLAS | 20.05.2018 | 00.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • católicos e não católicos de preferência marxistas,uma religiao anti materialista é irrealista e quase roça o comunismo religioso,tudo da igreja para distribuir?
    turim | 19.05.2018 | 15.34Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Correcção: queria dizer Mary Wilkon e não Winston (O SOL, 30 de Julho de 2010, citando do El Pais).
    kàrlitos | 13.05.2018 | 07.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • 1- Enquanto cidadão irá onde quiser. Como é agora presidente da laica República Portuguesa, deve dar-se ao recato. 2- A própria igreja católica já veio explicar que o correcto será designar estas anomalias por VISÔES e não 'aparições'. (Quem lá estava, efectivamente, era a senhora Mary Winston, que acompanhava o topógrafo que ali fazia o seu trabalho e que era seu marido. As criancinhas, naturalmente, lá extrapolaram para o universo das suas experiências).
    kàrlitos | 13.05.2018 | 06.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE