Actualidade

"Secretas" contra lei do PCP sobre acesso a documentos classificados

16 | 05 | 2018   16.17H

O Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP), órgão de que dependem as "secretas", é contrário ao projeto de lei do PCP sobre o acesso do parlamento a documentos e informações como segredo de Estado.

Esta matéria, do segredo de Estado, é "de tal modo sensível que a prudência e a experiência aconselham a ponderar numa difusão efetivamente circunscrita e não de pendor mais generalista", lê-se no parecer do gabinete da secretária-geral do SIRP, Graça Mira Gomes, entregue na Assembleia sobre o projeto comunista.

O parecer, com a data de 27 de abril, conclui, no entanto, que o parlamento é "sempre soberano para legislar" nesta questão do acesso da Assembleia da República e dos deputados a documentos classificados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Não bastou ao PCP passar para as mãos do KGB o grosso dos bases de dados da PIDE para agora também querer levar ao camarada Putin os segredos nacionais do Estado da República Portuguesa!
    Jesus Cristo laico | 16.05.2018 | 16.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE