Actualidade

Medina garante que Operação Integrada de Entrecampos não viola PDM

16 | 05 | 2018   18.05H

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (PS), recusou hoje que a operação urbanística que envolve os terrenos da antiga Feira Popular viole o Plano Diretor Municipal (PDM), respondendo assim às críticas do CDS-PP.

Falando aos jornalistas num périplo pelos vários locais que compõem a empreitada da Operação Integrada de Entrecampos, o autarca da capital assegurou que não houve "nenhuma violação do PDM" e que "a edificabilidade do terreno mantém-se exatamente na íntegra", como foi "aprovado há cerca de dois anos".

Numa nota enviada à Lusa, os eleitos do CDS alegam que, numa primeira "leitura inicial da proposta" relativa à Operação Integrada de Entrecampos, esta "parece configurar uma violação dos procedimentos e regras previstos na lei e que são competência da autarquia".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE