Actualidade

Homem condenado a prisão com pena suspensa no caso de morte em insuflável na Madeira

16 | 05 | 2018   20.06H

O Tribunal de Santa Cruz, na Madeira, condenou hoje a cinco anos de prisão com pena suspensa um arguido no caso da menina que morreu depois de ser levada pelo vento dentro de um insuflável.

O outro arguido no mesmo processo foi absolvido.

Os dois homens, um espanhol e um venezuelano, vinham acusados do crime de homicídio por negligência grosseira, na sequência de um acidente que resultou na morte de uma menina de 8 anos, a 15 de maio de 2015, na freguesia do Caniço, concelho de Santa Cruz.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE