Sporting

Direção pede Assembleia-Geral extraordinária para analisar situação

16 | 05 | 2018   21.42H

A direção do Sporting solicitou hoje uma Assembleia-Geral extraordinária para analisar a situação atual, um dia depois das agressões a futebolistas do clube, registadas na Academia de Alcochete

"Enviámos hoje ao senhor presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Sporting Clube de Portugal um pedido de Assembleia Geral Extraordinária a ser marcada o mais breve possível, para analisar a situação atual do clube, auscultar os sócios e dar todas as explicações que estes entendam necessárias", lê-se em comunicado do Conselho Diretivo do clube e da Administração da SAD, que hoje estiveram reunidos.

Na mesma nota, reiteram "veementemente, a condenação já efetuada ontem sobre o crime horrendo, um ato terrorista, na Academia Sporting em Alcochete", que na terça-feira foi invadida por cerca de 50 pessoas de cara tapada, alegadamente adeptos 'leoninos', que, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal e agrediram vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic, o treinador Jorge Jesus, e outros membros da equipa técnica.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE