Actualidade

Líder parlamentar do PSD admite revisão constitucional mas dá prioridade a reforma da Justiça

17 | 05 | 2018   17.00H

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, admitiu hoje que a revisão constitucional poderá ser necessária mas defendeu que a prioridade deve ser a reforma da Justiça, que pode começar por questões mais simples.

Em carta enviada hoje ao líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, o deputado Fernando Negrão sublinha que "desde há muito" que o presidente do partido, Rui Rio, "vem defendendo uma reforma para a Justiça, envolvendo os partidos políticos, os profissionais judiciais bem como toda a sociedade".

Para o presidente do grupo parlamentar do PSD, a reforma da Justiça "pode começar nos simples problemas das instalações dos serviços de justiça, passando pela qualidade das leis ou, ainda, pela qualidade da gestão do próprio sistema", áreas que não carecem de revisão constitucional para serem alteradas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE