Actualidade

Reitor da Fernando Pessoa condenado por desvio de dinheiro da instituição

18 | 05 | 2018   16.17H

O reitor da Universidade Fernando Pessoa, Salvato Trigo, que estava acusado de ter desviado dinheiro da instituição em benefício próprio e da sua família, foi hoje condenado a uma pena suspensa de um ano e três meses de prisão.

O tribunal, no juízo local criminal do Porto, deu como provado que o reitor cometeu um crime de infidelidade por ter, alegadamente, desviado verbas daquela instituição de ensino privado em benefício próprio e da sua família.

O julgamento de Salvato Trigo, único arguido no processo, arrancou em outubro de 2017 no Tribunal Judicial da Comarca do Porto e decorreu à porta fechada a pedido do arguido.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE