Maio de 68

Antígona e Letra Livre mantêm inconformismo e resistência editorial

31 | 05 | 2018   09.16H

As editoras Antígona e a Letra Livre, fundadas anos depois do Maio de 68, assumem a influência desse momento histórico na sua génese, pela via das leituras e da cultura dos seus editores, mais do que do próprio acontecimento.

A Antígona foi fundada em 1979 e todos os acontecimentos anteriores tiveram influência na sua formação, disse à Lusa o criador e rosto do projeto ao longo dos anos, Luís Oliveira.

"Sendo o Maio de 68 uma das maiores convulsões históricas do século XX, teve influência na minha formação, ideias e energia", afirmou, confessando ser sempre guiado por um espírito de inconformismo, desobediência e inquietação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE