Actualidade

BE quer penalizar fosso salarial nas empresas impedindo acesso a apoios públicos

09 | 06 | 2018   18.25H

O Bloco de Esquerda (BE) vai apresentar nos próximos dias uma proposta na Assembleia da República para penalizar empresas com grandes desigualdades salariais no acesso a subsídios do Estado ou concursos de contratação pública.

O anúncio foi feito hoje pela deputada bloquista Mariana Mortágua, em Lisboa, que marcou presença na manifestação da CGTP que juntou esta tarde milhares de pessoas, num desfile do Campo Pequeno para o Marquês de Pombal, para exigir melhores salários, o fim da precariedade e o aumento do salário mínimo nacional para 650 euros a partir de janeiro, entre outras reivindicações.

O BE quer limitar a distância salarial entre a base e o topo das empresas, ou seja, entre os trabalhadores e os seus gestores e administradores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O PRIVADO E QUE PAGA AO PÚBLICO SE NÃO FOSSE ISSO NÃO HAVIA PÚBLICO E O PRIVADO NÃO PAGA MAIS AOS SEUS TRABALHADORES PORQUE TEM QUE PAGAR A MUITOS QUE NADA FAZEM PÚBLICO VENCIMENTOS GRANDESSÍSSIMO E AOS DEPUTADOS vergonha nacional
    O descalço | 09.06.2018 | 20.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE