Actualidade

Metade das províncias angolanas enfrentam situação de extrema gravidade de desnutrição

13 | 06 | 2018   16.16H

Angola está com uma taxa de "desnutrição crónica" na ordem dos 38%, com metade das províncias do país em situação de "extrema gravidade de desnutrição", onde se destaca o Bié com 51%", anunciaram hoje as autoridades.

A informação foi transmitida hoje pela chefe do Programa Nacional de Nutrição de Angola, Maria Futi Tati, durante um seminário de lançamento da "Plataforma Multissectorial de Nutrição em Angola", realizado, em Luanda, considerando a situação "muito séria e preocupante".

"O grau de desnutrição, principalmente a crónica, a nível do país é muito sério. Temos que trabalhar bastante, estamos com uma desnutrição crónica com uma taxa de 38% e o padrão preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de menos de 20%", disse.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE