Actualidade

Perda de gelo na Antártida é contínua e a aumentar - estudo

13 | 06 | 2018   18.00H

A Antártida está a perder gelo continuamente, tendo desaparecido 34.000 quilómetros quadrados da plataforma de gelo desde 1950, indica um estudo hoje divulgado.

Numa edição especial da revista Nature sobre a Antártida explica-se que a monitorização da região através de satélite mostra a contínua perda de gelo para os oceanos, de acordo com registos feitos durante décadas por cientistas das Universidades de Leeds (Reino Unido), da Califórnia (em San Diego, Estados Unidos) e de Maryland (Estados Unidos).

O estudo indica que desde a era dos satélites não se tem aparentemente notado mudanças gerais muito significativas, mas que há "sinais de um declínio de longo prazo". Segundo os cientistas as plataformas de gelo dos mares de Amundsen (que já teve três quilómetros de espessura) e de Bellingshausen estão 18% mais finas do que no início dos anos 90. E o aumento acentuado das temperaturas do ar fez colapsar plataformas de gelo na península antártica.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE