Actualidade

CDS dirige dezenas de perguntas para garantir que "inaceitáveis falhas" não se repetem nos incêndios

14 | 06 | 2018   14.16H

A presidente do CDS-PP apresentou hoje mais de 80 perguntas a sete ministérios e ao primeiro-ministro, de cuja resposta depende a garantia de que as "inaceitáveis falhas" nos incêndios de 2017 não se repetem.

"Sem estas respostas claras e comprometidas ninguém nos garante que, por inação ou incapacidade do Governo, não corremos o risco de ver repetidas as inaceitáveis falhas que se verificaram ao nível do alerta, do combate, do socorro às vítimas e do apoio prestado pelo Estado", defendeu Assunção Cristas.

A líder centrista divulgou os 31 conjuntos de perguntas, mais de 80 no total, agrupadas por sete ministérios e também dirigidas ao primeiro-ministro, numa conferência de imprensa na sede do CDS, em Lisboa, três dias antes de se cumprir um ano sobre os incêndios de Pedrógão.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE