Actualidade

Guterres alerta para ameaça crescente à capital da República Centro-Africana

20 | 06 | 2018   01.09H

A situação na República Centro-Africana (RCA) continua a degradar-se, reconheceu o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, no relatório quadrimestral sobre este país, que apresentou ao Conselho de Segurança, datado de segunda-feira.

Guterres apresentou uma situação de confrontos armados e violência contra civis, em várias partes do país, bem como ataques ao pessoal humanitário e aos 'capacetes azuis' que integram a missão da ONU no país, a Minusca, que conta com 159 militares portugueses.

"Particularmente preocupante é a posição de crescente ameaça à capital (Bangui) por parte de alguns grupos armados", especificou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE