Actualidade

Teatro Praga estreia "Jângal" para pensar a selva da humanidade nos dias de hoje

22 | 06 | 2018   10.06H

Um encontro entre espécies humanas, não-humanas ou sem existência real é a proposta do Teatro Praga, para enfrentar a necessidade de convivência e habitação conjunta num planeta danificado, na nova criação que chega a palco dia 26, em Lisboa.

A peça, de nome "Jângal", estreia-se na próxima terça-feira, na sala Luís Miguel Cintra do Teatro Municipal S. Luiz, em Lisboa.

"Jângal - palavra portuguesa caída em desuso que significa selva e caracteriza também tudo o que é incontrolável, a partir do termo sânscrito jangala - acaba por ser a selva criada pelos autores do espetáculo, construído com base na teoria dos objetos, do filósofo austríaco Alexius Meinong (1853-1920).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE