Síria

320.000 deslocados desde o início da ofensiva do regime em Deraa - ONU

05 | 07 | 2018   13.24H

A ofensiva do regime na região síria de Deraa, no sudoeste do país, provocou pelo menos 320.000 deslocados desde o seu início, denunciou hoje o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

"Estou muito preocupado pela população civil, presa no meio do fogo cruzado no sudoeste da Síria. Cerca de 750.000 vidas estão em perigo. Mais de 320.000 deslocados sobrevivem em condições horrendas e inseguras", afirmou em comunicado Filippo Grandi, alto-comissário para os Refugiados.

Entre os deslocados estão 60.000 pessoas acampadas na fronteira com a Jordânia, razão pela qual Grandi apelou às autoridades do país para a abertura das fronteiras.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE