Actualidade

Nave israelita poderá partir para a Lua em dezembro

10 | 07 | 2018   16.33H

Uma organização israelita afirmou hoje que quer ser a primeira entidade não-governamental a levar uma nave à Lua, planeando o lançamento de um módulo não tripulado para dezembro.

O projeto é da organização SpaceIL e da empresa estatal aeroespacial, foi anunciado hoje em Telavive, devendo custar 95 milhões de dólares (81 milhões de euros), a maior parte dos quais pagos pelo bilionário israelo-sul-africano Morris Khan.

O módulo, que ainda não tem nome e pesa 585 quilos, irá para os Estados Unidos por mar e será lançado por um foguetão SpaceX Falcon até ficar em órbita e usará a gravidade terrestre para girar à volta do planeta e ser lançado como por uma fisga, prevendo-se que chegue à Lua a 13 de fevereiro de 2019.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Não tripulado nunca. Encham isso de Judeus e fiquem por lá, em nome da Paz no Mundo.
    Dono dos Burros | 10.07.2018 | 18.26Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE