Actualidade

Conselho Metropolitano do Porto critica atitude "birrenta e histérica" da ANMP

11 | 07 | 2018   19.02H

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto (CmP) disse hoje que a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) agiu de forma "birrenta e histérica" e sentiu-se "perseguida" só porque alguns autarcas contestaram os dados do processo de descentralização.

"A ANMP portou-se de forma birrenta e histérica com aquilo que foi um contrassenso ao anunciar que fecharam o processo de descentralização que só estava fechado na folha de Excel e mal fechado", afirmou Eduardo Vítor Rodrigues, também presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, no final da reunião extraordinária do CmP.

O autarca adiantou que os 17 municípios que compõem o CmP decidiram encetar negociações com o Governo de António Costa e dialogar com todos, incluindo com a ANMP, desde que a associação pare com as "birras e as histerias" e as ideias de que está a ser "perseguida" só pelo facto de lhe dizer que os dados estão errados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE