Actualidade

Ópera junta na Gulbenkian jovens reclusos, músicos e cantores profissionais

12 | 07 | 2018   07.46H

Aos 26 anos, Mathieu Pinto vai pisar o palco do Grande Auditório da Gulbenkian, em Lisboa, pela segunda vez, oportunidade que surgiu no âmbito do projeto "Ópera na Prisão", desenvolvido no Estabelecimento Prisional de Leiria, onde está detido.

O espetáculo "Só Zerlina ou Così san tutte?", no qual se fundem ópera, 'rap' e teatro, e que vai juntar em palco músicos e cantores profissionais e amadores, estará em cena hoje e na sexta-feira, inserido na programação Jardim de Verão da Fundação Calouste Gulbenkian.

Mathieu, que na quarta-feira à tarde ensaiava com outros jovens reclusos no palco onde se estreou em 2016, é um dos quatro solistas de 'rap' do espetáculo. Para ele, as rimas com batida começaram fora da prisão. "Escrevia rap, mas guardava para mim", contou à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE