Actualidade

PS acusa CDS de atacar execução orçamental com diploma inconstitucional

12 | 07 | 2018   14.03H

O PS acusou hoje o CDS-PP de atacar a saúde da execução orçamental ao pretender eliminar o adicional de imposto sobre produtos petrolíferos (ISP) e recusou pronunciar-se sobre a atuação dos parceiros de esquerda nesta matéria.

Estas apreciações em relação ao projeto do CDS-PP, que esta tarde será objeto de votações na especialidade e final global no parlamento, foram transmitidas pelo vice-presidente da bancada socialista João Paulo Correia.

O projeto do CDS-PP para eliminar o adicional de ISP, criado no âmbito do Orçamento do Estado para 2016, foi já aprovado na generalidade com o PS sozinho a votar contra.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE