Actualidade

Rio concorda com reforço de verbas na Defesa, matéria que foi acertada com PSD

12 | 07 | 2018   16.21H

O presidente do PSD manifestou hoje concordância com o aumento da despesa nacional com Defesa, salientando que se insere numa estratégia europeia, e revela que o Governo acertou com os sociais-democratas a posição que levaria à cimeira da NATO.

Num almoço-debate do Fórum de Administradores e Gestores de Empresas, em Lisboa, Rui Rio fez as contas e avaliou em cerca de 700 milhões de euros por ano o custo deste aumento a nível nacional, dizendo que terá de ser "o PS a resolver" eventuais problemas orçamentais com os seus parceiros à esquerda.

"O Governo concertou com o PSD, avisou o PSD que ia tomar essa posição no quadro de uma cooperação que há em matéria de defesa e negócios estrangeiros, que não é entre o atual PSD e o atual Governo, mas entre Governo e oposição", afirmou, no final do almoço, em declarações aos jornalistas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nada de gastar em canhões. Os únicos inimigos são os americanos, inglese e alemães. Como não vamos lutar contra esta corja. Bastam espingardas de faz de conta.
    Dono dos Burros | 12.07.2018 | 17.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE