Actualidade

Descoberta uma origem das "partículas fantasma" que atravessam anos-luz e chegam à Terra

12 | 07 | 2018   16.34H

Uma equipa internacional de cientistas descobriu pela primeira vez no espaço profundo uma origem de neutrinos, partículas subatómicas capazes de percorrer milhões de anos-luz e atravessar toda a matéria.

Em dois estudos publicados na revista Science, prova-se pela primeira vez que neutrinos detetados no Pólo Sul em setembro do ano passado tiveram origem numa galáxia elíptica a quatro mil milhões de anos-luz da Terra, que gira em torno de um buraco negro supermassivo e é conhecida como 'blazar'.

Os neutrinos foram registados pelo detetor de partículas Icecube, que consiste numa rede de mais de 5.000 sensores de luz dispostos numa grelha a mais de um quilómetro de profundidade, enterrado no gelo do Pólo Sul.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE