Actualidade

Investigadores encontram restos de pão de há 14.400 anos, antes da agricultura

16 | 07 | 2018   20.01H

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura.

Esta é a mais antiga prova da existência de pão até agora registada e foi encontrada numa exploração arqueológica na Jordânia designada Shubayqa 1.

A descrição e resultados do trabalho de investigadores das universidades de Copenhaga, College London e de Cambridge foram hoje divulgados na publicação Proceedings of the National Academy of Sciences.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • Quer dizer que a agricultura surgiu há 10.400 anos? Não sabia que o ministério da agricultura tinha tantos anos assim! E nessa agricultura, os agricultores seguiam as normas da UE ou não? É porque, se não, não era preciso a UE "ensinar" os agricultores como plantar batatas, milho, trigo, etc. e quantas couves podiam plantar... Ahhh pois, a Jordânia não é na UE!
    anónimo | 16.07.2018 | 21.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • MAIS PARA SE ENTRETEREM COM ESSES ANOS TODOS NEM OS RATOS QUISERAM COMER
    O Zezé | 16.07.2018 | 20.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E natural. Mas a agricultura está associada ao pão e outros cereais, apesar de derivarem apenas de uma planta selvagem. Por isso esses investigadores andam no limbo! Mas para ser moido, teve que se pensar quer queiram quer não nessa forma de transformação e cozedura. Eu sabia que fazer a esses arautos!
    Alvaro | 16.07.2018 | 20.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE