Actualidade

Guterres diz que é "inaceitável" número de mortos e uso da força na Nicarágua

17 | 07 | 2018   01.42H

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, qualificou hoje de "inaceitável" o número de mortes e o uso da força na crise na Nicarágua, sublinhando que é responsabilidade do Estado proteger os seus cidadãos.

"É uma responsabilidade primária dos Estados proteger os seus cidadãos. O número de mortos é totalmente inaceitável. (...) O número de mortos é chocante e há um uso de força letal por entidades relacionadas com o Estado que não é aceitável ", disse Guterres na segunda-feira durante uma visita oficial à Costa Rica.

O secretário-geral da ONU fez as declarações numa conferência de imprensa após uma reunião com o Presidente da Costa Rica, Carlos Alvarado, reunião em que a questão da Nicarágua foi abordada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE