Actualidade

Dezasseis produções candidatas a Espetáculo de Honra do próximo Festival de Almada

17 | 07 | 2018   23.35H

Dezasseis é o número total de produções que concorrem a Espetáculo de Honra da 36.ª edição do Festival de Almada, a realizar nesta cidade de 04 a 18 de julho do próximo ano, foi hoje anunciado, pela organização.

"Nada de mim", de Arne Lygre, com encenação de Pedro Jordão, para os Artistas Unidos, "Bonecos de luz", com dramaturgia e encenação de Rodrigo Francisco, da Companhia de Teatro de Almada, a partir do texto de Romeu Correia, "Colónia penal", de Jean Genet, texto resgatado por António Pires, do Teatro do Bairro, e "Carmen", espetáculo construído por Diogo Infante, a partir das memórias da atriz Carmen Dolores, são quatro das peças candidatas a Espetáculo de Honra, em 2019, a votar pelo público do festival, na quarta-feira.

"Kalakuta republik", de Serge Aimé Coulibaly, pelo Faso Danse Théâtre, do Burquina Faso, com a companhia belga Halles de Schaerbeek, "Final do amor", de Pascal Rambert, pelo Mino Teater, da Estónia, "Arizona", de Juan Carlos Rubio, pela companhia mexicana Teatro de Babel, "A reunificação das duas Coreias", de Joel Pommerat, pela Gavella Drama, da Croácia, e as produções belgas "O quarto de Isabela", de Jan Lauwers, pela Needcompany, e "Philip Seymour Hoffman, por exemplo", de Rafael Spregelburd, pela Transquinquennal, são outras encenações candidatas ao regresso no próximo ano ao Festival de Almada, organizado pela Companhia de Teatro de Almada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE