Actualidade

Investigadores australianos desenvolvem teste sanguíneo para detetar melanoma em fase inicial

18 | 07 | 2018   08.43H

Investigadores australianos desenvolveram um exame de sangue para detetar o melanoma em estádio inicial e dizem que se trata do primeiro teste do género no mundo e que pode salvar muitas vidas.

Cientistas da universidade Edith Cowan, cujo trabalho foi publicado na revista Oncotarget, explicam que este teste pode ajudar os médicos a detetar o melanoma, um agressivo cancro de pele, antes que ele se espalhe pelo corpo.

"Pacientes cujo melanoma é detetado numa fase inicial têm uma taxa de sobrevivência de cinco anos entre 90 e 99%", disse a diretora do estudo, Pauline Zaenker, em comunicado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE