Actualidade

Cientista brasileira procura vida no oceano da lua Titã

19 | 07 | 2018   12.44H

A possibilidade de haver vida numa das luas de Saturno é o novo projeto de investigação da vulcanóloga brasileira e cientista sénior da NASA Rosaly Lopes.

Em declarações à Lusa, à margem da 42.ª assembleia do Comité para a Investigação Espacial (COSPAR, na sigla inglesa), Rosaly Lopes explicou que o projeto está focado no oceano de Titã, uma lua de Saturno que possui muitos hidrocarbonetos e tem, por debaixo de uma crosta de gelo, um oceano de água líquida.

"Estou começando a trabalhar num projeto muito grande" que "é focado em astrobiologia", afirmou a cientista, salientando que a equipa de pesquisa junta análise de "geofísica, geologia, química, astrobiologia, para saber se tem possibilidade de vida ter-se desenvolvido no oceano de Titã".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE