Actualidade

Ofensiva apoiada pela coligação internacional na Síria mata 28 'jihadistas'

06 | 08 | 2018   21.49H

Pelo menos 28 'jihadistas' do grupo extremista Estado Islâmico morreram hoje na região de Deir Ezzor, este da Síria, vítimas de uma ofensiva desencadeada por uma aliança árabe-curda e apoiada por ataques da coligação internacional, segundo uma ONG.

Os combatentes curdos e árabes das Forças Democráticas Sírias, apoiados pela coligação liderada pelos EUA, desencadearam uma ofensiva para expulsar o Estado Islâmico (EI) do seu último reduto na província de Deir Ezzor, na fronteira com o Iraque.

"Pelo menos 28 'jihadistas' do EI foram mortos nos ataques aéreos e disparos de artilharia contra a região de Bir al-Meleh, na província de Deir Ezzor", adiantou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE