Actualidade

Soldados congoleses condenados por matarem civis na República Centro-Africana

07 | 08 | 2018   20.56H

Três soldados congoleses foram condenados a três anos de prisão por um "assassínio em massa" realizado em 2014 na República Centro-Africana, segundo a Human Rights Watch (HRW), que considerou hoje que a condenação "não reflete a gravidade do crime".

Em comunicado, esta organização não-governamental (ONG) considerou que "as penas de três anos de prisão pronunciadas contra três soldados da paz congoleses reconhecidos culpados do assassínio de 11 civis na República Centro-Africana em 2014 não refletem a gravidade do crime".

A ONG, que revelou não ter tido conhecimento antes de julho do julgamento realizado em abril, sublinhou que os três soldados "estão agora em liberdade, uma vez que cumpriram a maior parte da pena enquanto aguardavam o seu veredicto".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE