Actualidade

Investigadores desenvolvem tecidos que iluminam e comunicam

08 | 08 | 2018   18.00H

Investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT na sigla original), nos Estados Unidos, desenvolveram um tecido que integra dispositivos eletrónicos que no futuro poderão comunicar, iluminar ou monitorizar a saúde.

O mais recente desenvolvimento em têxteis e fibras, uma espécie de "hardware" macio, é publicado hoje na revista Nature, num artigo do antigo aluno de pós-graduação do MIT Michael Rein e do professor de ciência dos materiais e engenharia elétrica Yoel Fink, que é também presidente da Advanced Functional Fabrics of America (Tecidos Funcionais Avançados da América, AFFOA), apoiados por equipas das duas instituições e ainda da Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça, e do Laboratório Lincoln, nos Estados Unidos.

A equipa incorporou em fibras que foram posteriormente tecidas dispositivos semicondutores optoeletrónicos (referentes à luz) de alta velocidade, incluindo díodos emissores de luz (LED) e fotodetetores de díodo (semicondutores).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE