Actualidade

Arsénio pode ser útil no tratamento do cancro em combinação com droga contra leucemia

09 | 08 | 2018   10.00H

Cientistas sugerem num estudo hoje divulgado que o arsénio, conhecido pela sua toxicidade, pode ser útil no tratamento do cancro quando combinado em certas doses com um medicamento contra a leucemia.

Segundo o estudo, publicado na edição digital da revista científica Nature Communications, o trióxido de arsénio, cujo uso foi aprovado nos Estados Unidos em 1995, destrói uma enzima, a 'Pin1', em combinação com um fármaco utilizado no tratamento da leucemia promielocítica aguda, um subtipo de cancro do sangue e da medula óssea. O medicamento é o ácido trans-retinóico (ATRA).

A enzima 'Pin1' está associada à maioria dos cancros humanos e está especialmente ativa nas células estaminais cancerígenas (as que dão origem às células de um determinado tipo de cancro e são mais resistentes aos tratamentos).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE