Actualidade

Tribunal absolve 13 jovens em Cabinda acusados de se constituírem como movimento independentista

17 | 08 | 2018   12.24H

O Tribunal Provincial de Cabinda (norte de Angola) absolveu quinta-feira, por falta de provas, os 13 jovens que tinham sido detidos no último fim-de-semana nos arredores da capital cabindesa sob a acusação de "desordem pública".

Segundo a imprensa da província do enclave angolano na República Democrática do Congo (RDCongo), o juiz declarou que os factos apresentados pelo Ministério Público, acusando os 13 jovens de estarem ligados a uma nova organização, o Movimento Independentista de Cabinda (MIC), não ficaram provados.

Nesse sentido, os 13 jovens foram absolvidos e postos em liberdade.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE