Actualidade

Uma em cada cinco livrarias da base de dados do Ministério da Cultura já não existe

19 | 08 | 2018   10.30H

Uma em cada cinco livrarias da base de dados do Ministério da Cultura sobre a rede livreira nacional já não existe e, das restantes, a tutela só tem conhecimento de um terço que cumpre os requisitos para ser livraria.

Nos últimos tempos muitas livrarias independentes têm encerrado, algumas delas históricas, como a Aillaud & Lellos, a Book House, a Bulhosa Livreiros, ou a Pó dos Livros, todas em Lisboa, para além de outras como a Leitura, no Porto.

Os livreiros têm denunciado estes encerramentos e alertam para a situação de asfixia que vivem as livrarias independentes, apelando a medidas concretas que ajudem à sua sobrevivência.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • AS QUE FECHAM SÃO AS PRIVADS AS PÚBLICAS MESMO DANDO PREJUÍZO FICAM SEMPRE ABERTAS PORQUE QUEM PAGA É O CONTRIBUINTE ISSO É QUE É A VERDADE VERDADINHA
    O povo | 19.08.2018 | 11.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE