Actualidade

Estado colombiano condenado por "responsabilidade administrativa" em ataque de 2003

23 | 08 | 2018   07.03H

O Estado colombiano foi condenado por "responsabilidade administrativa" no ataque ao clube El Nogal em 2003, em Bogotá, e que causou 36 mortos, naquele que foi o atentado urbano mais mortífero da antiga guerrilha das FARC.

O Conselho de Estado, a mais alta instância da Justiça administrativa no país, informou na quarta-feira que "as mortes e ferimentos causados pelo ataque com um carro-bomba no clube" evidenciaram uma "responsabilidade administrativa e patrimonial" da nação.

"A situação de extrema tensão durante este período e as dificuldades de ordem pública obrigariam as autoridades a multiplicar os meios para garantir a segurança e proteção devido à população civil", acrescentaram os juízes, em comunicado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE