Actualidade

Liga diz que Ministério da Saúde deve aos bombeiros cerca de 30 milhões de euros

03 | 09 | 2018   18.33H

A Liga dos Bombeiros Portugueses denunciou hoje que as associações e corpos de bombeiros estão "à beira da rutura financeira" devido aos atrasos dos pagamentos do Ministério da Saúde, que rondam os 30 milhões de euros.

Em comunicado, a Liga dos Bombeiros adianta que "este sufoco financeiro, provocado pelo incumprimento do Ministério da Saúde dos pagamentos dos muitos serviços prestados no transporte de doentes, está a fragilizar a atividade dos bombeiros".

Segundo a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), as associações e corpos de bombeiros estão, em muitos casos, sujeitas "a recorrer a financiamento bancário ou a protelar pagamentos aos seus fornecedores desequilibrando ainda mais a gestão das associações, já de si habitualmente precária".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE