Actualidade

Bastonário dos Médicos diz que demissões em hospitais poderão repetir-se

05 | 09 | 2018   17.48H

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, adiantou hoje que demissões como as do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE) poderão repetir-se noutro hospital do país "dentro de pouco tempo".

"Hoje estão aqui com os médicos de Gaia, mas podiam estar aqui com os médicos de outro grande hospital do Norte do país. Se calhar vão estar dentro de pouco tempo, dentro de menos tempo do que estão a pensar. Pode ser Norte, Centro ou Sul", referiu em conferência de imprensa, no Porto, aquando do anúncio da demissão do diretor clínico e dos 51 diretores e chefes de serviço do CHVNGE.

Dizendo que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) "não está a viver uma situação fácil", o bastonário desafiou o primeiro-ministro, António Costa, e os deputados na Assembleia da República a "valorizarem mais a saúde".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE