Um desafio para jovens que gostem de línguas

09 | 09 | 2018   22.20H
A Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia convida alunos das escolas de toda a União Europeia a testar as suas competências no Juvenes Translatores.
Destak | destak@destak.pt

Na 12ª edição do concurso anual de tradução dirigido às escolas, os adolescentes com gosto pelas línguas irão ser chamados a traduzir um texto sobre o património cultural. O tema foi escolhido para comemorar o Ano Europeu do Património Cultural.

Os participantes deverão escolher uma das 552 combinações linguísticas possíveis a partir das 24 línguas oficiais da União Europeia (UE). No ano passado, houve traduções de polaco para finlandês, de checo para grego e de croata para sueco, para referir apenas alguns exemplos das 144 combinações que foram utilizadas.

Para participar no concurso, as escolas têm de seguir o processo de registo, que decorre em duas fases. Em primeiro lugar, as escolas secundárias devem inscrever-se em http://ec.europa.eu/translatores até ao meio dia de 20 de outubro, podendo ser usada qualquer uma das 24 línguas oficiais da UE.

De seguida, a Comissão Europeia irá convidar aleatoriamente 751 escolas, que podem designar dois a cinco alunos para participar no concurso (os jovens podem ter qualquer nacionalidade, desde que nascidos em 2001).

O concurso terá lugar em 22 de novembro e decorrerá simultaneamente em todas as escolas participantes. Os vencedores (um por país) serão anunciados no início de fevereiro de 2019 e receberão os seus prémios na primavera de 2019, numa cerimónia dedicada ao evento em Bruxelas.

Durante a sua visita, os alunos poderão falar com tradutores profissionais da Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia (que formarão o júri) sobre a profissão.

Foto: istockphoto
Um desafio para jovens que gostem de línguas | © istockphoto
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE