Actualidade

Ordens dos Médicos e dos Psicólogos contra criação da profissão de psicoterapeuta

10 | 09 | 2018   07.30H

A Ordem dos Médicos e a Ordem dos Psicólogos Portugueses pronunciaram-se contra a criação da profissão de psicoterapeuta, na sequência de um pedido de análise e emissão de parecer por parte do Ministério da Saúde.

Num parecer conjunto, as duas ordens, que representam a larga maioria dos psicoterapeutas em atividade, afirma que a sua posição tem por base "a evidência científica e a salvaguarda e proteção da saúde pública e dos interesses dos cidadãos que procuram os serviços de psicoterapia".

"A prática psicoterapêutica abusiva, inadequada e sem a devida formação e regulação, acarreta riscos para a saúde mental dos utentes. Estes riscos não são acautelados pela facilitação económica e mercantilização do acesso através da criação da profissão" ou atividade económica de Psicoterapeuta, salientam no documento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE